O que fazer em Bananal? 

Este município fica no extremo leste do estado de São Paulo, bem na divisa com Barra Mansa/RJ, mostraremos abaixo, algumas sugestões sobre o que fazer em Bananal, este é um roteiro de férias muito atraente dentro do vale do Paraíba.

A História 

Esta era uma região que no início foi ocupada por indígenas Puris, esta aldeia se estendia até Serra da Mantiqueira e florestas do Sertão do Bocaina, alcançando até a região que hoje se encontra o município de Bananal. 

Ali havia um rio com nome Banani, que traduzido do idioma indígena significa “rio sinuoso”. O próprio nome do rio deu origem ao nome atual da cidade,  primeiramente foi chamado de “Bananá” e, agora de Bananal.

Após o século XVIII, a região do Vale do Paraíba passou a ser a principal rota para o ouro de Minas Gerais, incluindo também os estados de Goiás e do Mato Grosso, o gado vindo do Rio Grande do Sul tinha como rota esta região, assim, foi aumentando o fluxo de tropeiros e viajantes.

O trajeto antigo hoje contempla as cidades: Barra Mansa, Areias, Resende, Angra dos Reis e Bananal, que eram utilizadas para pontos de descanso por aqueles que deveriam ir até o Rio de Janeiro. 

Nos rios Bananal e a Serra da Carioca estava localizada a  Estrada Geral, neste local havia uma grande quantidade de  anil, um corante que até hoje é muito valorizado. Durante um período de quase 20 anos, esta foi uma das maiores economias da região, no século XIX já havia outras fontes de renda.

O Caminho Novo foi estabelecido em 1770, trata-se de uma estrada que ligava as capitanias de São Paulo e Rio de Janeiro. Este caminho precisou ser criado para servir como alternativa às viagens marítimas, nesta época era comum sofrer ataques de piratas e saqueadores.

Já no ano de 1783, o Brasil Colônia decidiu povoar a região do Caminho Novo, esta missão foi concedida ao Capitão-Mór Manoel da Silva Reis, este teve que distribuir para pessoas que confiava às 13 sesmarias criadas na região. 

De acordo com o que diz a  escritura, a fundação teria ocorrido em 10 de fevereiro de 1785.

Como chegar em Bananal?

A cidade de Bananal está localizada no Vale do Paraíba, há duas formas de chegar neste município, confira aqui:

Saindo de São Paulo de Ônibus

É necessário comprar bilhete na empresa Pássaro Marrom, na Rodoviária Tietê, a duração da viagem é de 6 horas, o preço médio da passagem é de R$ 73,00.

Saindo de São Paulo de Carro 

De carro, a viagem possui uma duração máxima de 4 horas e 17 minutos, pela BR 116 também conhecida como Rodovia Eng Alexandre Drable, há um total de 4 pedágios com um custo de R$ 27,40, o turista encontra pedágios nos municípios de Arujá, Guararema, Jacareí e Moreira César. 

Veja abaixo, os principais dados atuais desse município, que possui hotéis 3 estrelas com uma diária média de R$ 216,00, confira: 

  • Elevação: 454 m;
  • Área: 616.320 km²;
  • Tempo: 22 °C, vento S a 3 km/h, umidade de 92%;
  • Clima: tropical de Altitude (Cwa);
  • População: 10.993 (2020). 

A principal economia da cidade, na atualidade, é o turismo, a hotelaria, além da gastronomia, que gera muitas oportunidades de trabalho aos moradores da região e não apenas para Bananal. 

O que fazer em Bananal? 

A cidade possui Fazenda de Café e diversos atrativos, logo, se você não sabe o que fazer em Bananal, confira as nossas sugestões abaixo:

1º Fazenda Resgate

Esta fazenda tem uma antiga construção,  o seu estado de conservação atrai a atenção dos turistas, porque está impecável. Apesar de ser uma propriedade particular, devido à sua importância histórica é tombada pelo IPHAN o proprietário procura mantê-la conservada para que possa continuar sendo ponto turístico de Bananal.

Você poderá visitá-la aos finais de semana, no entanto, é necessário realizar agendamento com antecedência, este procedimento poderá ser realizado direto no site da fazenda.

2º Fazenda Coqueiros

Esta é uma fazenda que faz parte do ciclo do café e os turistas poderão visitar, as visitas são guiadas,  é possível se deliciar com um belo café imperial com direito a experimentar os quitutes da região.

3º Centro Histórico

O centro histórico de Bananal é pequeno, logo, tem uma história muito rica, você poderá começar pela Praça da Matriz, e poderá observar a  Igreja do Senhor Bom Jesus do Livramento, que existe desde o  século 19,  o seu  chafariz europeu de ferro do ano de  1880,  é um charme a parte para o centro histórico. 

As casas coloniais estão conservadas, podendo fazer parte da paisagem para boas fotos, há muitas construções do século 19, todas totalmente impecáveis.

4º Estação Ferroviária de Bananal

São necessários 10 minutos para chegar até a  Estação Ferroviária de Bananal, é muito antiga, sua construção é de  estruturas desmontáveis e pré-fabricadas de aço, que foi produto importado da Bélgica, em todo o continente americano, este é um modelo exclusivo. Após o fim do ciclo cafeeiro, no início do século XX, a estação passou a ser desativada.

5º Cachoeiras

A cidade contém algumas cachoeiras, se você não tem ideia sobre o que fazer em Bananal esta é uma boa sugestão, na pousada do Rio Mimoso os turistas já poderão ter acesso às Cachoeiras do Bracuí, a Cachoeira do Rio Mimoso, etc.

Devemos lembrar que é necessário pagar um valor de R$ 15,00 por pessoa e mais R$ 20,00 por  cada veículo, ou seja, para realizar agendamento ligue no número (24) 98823-3926.

Podemos conhecer também a Cachoeira das Sete Quedas, dentro da Estação Ecológica de Bananal. Nesta cachoeira, existem 7 quedas diferentes, por isso, ela possui este nome. 

6º Trilhas

As trilhas possuem níveis difíceis e fáceis, é necessário escolher a modalidade de acordo com sua capacidade física. Você poderá acessar trilhas que dão acesso à  São José do Barreiro (SP) e a Barra Mansa (RJ), já que Bananal está na divisa com o Rio de Janeiro.

Boa parte das trilhas nos direcionam para as cachoeiras, existem outros caminhos que nos guiam até os mirantes. É importante contratar os guias turísticos que conhecem bem a região, principalmente para trilhas que possuem uma dificuldade maior. 

7º Compras

Em Bananal há boas opções de compras e lembrancinhas, os artesanatos são os mais encontrados. O crochê é um artesanato muito popular, que os turistas costumam procurar bastante, é também uma das tradições da região.

No centro histórico, você já localiza as principais lojinhas além de souvenir, empórios de queijos e doces, e brechós, reserve pelo menos um dia para fazer uma visita às lojas e adquirir seus produtos.

8º Cachoeira Bracuí 

Trata-se de uma volumosa cascata que contém cinco quedas d’água, apenas a última possui uma altura de 70 m. Graças às quedas, podemos usufruir de uma piscina de água natural. Através dessa  Cachoeira Bracuí já é possível acessar a  Baía de Angra dos Reis.

Esta localizada em uma área particular, dentro da Pousada do Rio Mimoso, então você deve pagar um valor de R$20,00 por pessoa. Para acessar o pacote de visitação, o valor é de R$65,00,  neste valor podemos ter garantido: estacionamento, taxa de conservação e almoço.

9º Cachoeira do Rio Mimoso 

Esta cachoeira também está localizada na mesma área particular que a Bracuí,  nesta área acessamos uma piscina natural e o acesso à Baía de Angra dos Reis.

Para percorrer a trilha, é necessário pelo menos 2 km. Existe ainda, no caminho do interior da Pousada Rio Mimoso com uma trilha bem menor de quinhentos metros, onde acessamos a Cachoeira Mirim.

10º Estação Ecológica de Bananal 

Esta estação é uma área de preservação ambiental da flora e fauna, que ajuda na proteção de espécies ameaçadas de extinção. Existem 70 espécies de plantas, dessas 70, 34 já estão sob ameaça de desaparecer, por exemplo, as duas populações de Bromelia, que são espécies raras.

Os estudantes de geografia e geógrafos, costumam fazer pesquisas neste local, eles também observam a riqueza que a natureza que esse local possui. Nesta estação, há duas trilhas e uma cachoeira com sete quedas,  seu acesso  é totalmente gratuito. 

Se pretende viajar em períodos de férias com crianças pequenas, procure adquirir ingressos com maior antecedência, pois em alguns lugares do Brasil, os ingressos costumam se esgotar nesses períodos, assim você evita filas e já garante seus ingressos. 

Compre apenas no site dos organizadores, fique longe de golpes, tenha cuidado com ofertas muito abaixo do preço, se possível compare preços antes de comprar ingressos e diárias em hotéis. 

Onde se hospedar em Bananal? 

As fazendas históricas de Bananal foram todas reformadas e transformadas em hotéis e pousadas, boa parte delas incluem no valor das diárias, as refeições garantindo com isso, uma maior comodidade ao visitante, os hóspedes também poderão se hospedar na fazenda ou em chalés mais pertos.

Apresentaremos alguns exemplos de fazendas que foram restauradas, nesses ambientes você encontra trilhas para caminhadas, passeio a cavalo, etc.

Não esqueça de ver Pousadas com piscina e privativa: As 44 melhores pelo Brasil

Hotel Fazenda Boa Vista

Este prédio existe desde 1780, é um dos mais tradicionais da cidade. Aqui foi gravada a novela Cabocla, na casa do fazendeiro Boanerges, este personagem foi interpretado pelo ator Tony Ramos. 

A Boa Vista na era do café, já tinha fama como uma pequena cidade, nesta época já tinha outras construções que foram demolidas com o passar do tempo, por exemplo a capela e uma marcenaria. 

Os artesãos são os que fabricavam os móveis,  a madeira era da própria fazenda. Com o passar do tempo, o estabelecimento se modificou para hotel, realizando adaptações para quartos que atualmente contém: (TV a cabo, telefone, frigobar), tornando o ambiente único e confortável. 

A mercearia se tornou em um restaurante, as louças que foram fabricadas na Europa,  dedicadas ao Barão de Caxias, onde havia o brasão da família, podem ser visitadas nos armários, que ficam localizados no salão. 

Há também boas opções de lazer, está apenas a 11 km de Bananal na  Rodovia dos Tropeiros, Km 11. Para agendamentos e informações de preços ligue: (12) 3116-1539. 

Hotel Fazenda Independência

A construção ocorreu em  1822, foi a hospedagem de D. Pedro I e o presidente Washington Luís. A decoração é típica do Brasil Império, onde podemos perceber que os móveis estão preservados, garantindo um atrativo a mais aos turistas. 

Este hotel fica a  5 km de Bananal, na  Rodovia Resgate (SP-064 para Barra Mansa). Tel. (12) 3116-1110. Os preços poderão oscilar entre R$ 220,00 a R$ 270,00 com pensão completa.

Hotel Fazenda 3 Barras

Fica no pé da Serra da Bocaina, sua natureza é uma atração única. Esta sede tem data de  1813, a arquitetura é original e os móveis também, a modernidade atual não está afetando a qualidade dos móveis do tempo do Brasil Imperial.

Este local já abrigou nomes como D. Pedro I e Juscelino Kubitschek. Os turistas poderão hospedar-se em chalés, no interior do hotel há uma piscina. O hotel está no endereço  Rodovia dos Tropeiros, km 22 (SP 068 para Barra Mansa). A diária poderá ter pensão completa, com valores a partir de R$ 180,00. 

Onde comer em Bananal? 

O centro histórico de Bananal oferece boas opções de restaurantes, com uma rica gastronomia, veja algumas opções que separamos para este guia:

Restaurante Recanto Espigão

É um bar e restaurante, que oferece cardápios variados, está localizado na região central e tem uma boa avaliação de seus clientes, o restaurante também trabalha com sistema de marmitas, para informações sobre preços, entre em contato (12) 98121-4815. 

Restaurante 418

É um ambiente agradável e também com ótima avaliação, oferecendo diversos temperos para a comida, contém um bufê com pratos caiçaras e comidas do interior de São Paulo, o preço da comida é calculado por quilo, além disso, o atendimento dos funcionários também é muito elogiado.

3º Restaurante Casarão Grande  

Oferece um sistema de self service, com preço justo, é bem recomendado por clientes, devido a sua comida a quilo maravilhosa, é um restaurante especializado na culinária brasileira. 

Por que viajar para Bananal? 

O que fazer em Bananal? Esta cidade possui uma importância histórica muito forte para o Brasil, fazendo parte da rota do ouro e do café, abaixo, exibiremos mais alguns motivos para você conhecer este lugar magnífico. 

1º Hotéis com bons preços 

Se você está buscando por um preço justo, saiba que a cidade de Bananal dispõe de hotéis com arquiteturas coloniais, bem preservados e com atendimento excelente, sem prejudicar o seu orçamento. 

2º Diversas opções de lazer 

Além das atrações que existem pela cidade, o turista ainda poderá utilizar as atividades disponíveis nos hotéis, alguns hotéis poderão oferecer passeios à cavalo, tirolesa, etc. 

3º Bons restaurantes 

A gastronomia aqui também é completa e muito rica, sendo a culinária brasileira a mais forte da cidade, com pratos que possuem excelente tempero e preço justo. 

4º Opções de passeio ao ar livre 

Para quem curte uma caminhada, ou apenas realizar um piquenique com a família aqui está uma excelente sugestão, aproveite para se refrescar em uma das cachoeiras espalhadas pela cidade. 

5º É possível visitar o ano todo 

Esta é uma daquelas cidades onde o turista tem a opção de visitar em qualquer época do ano, é claro que, para utilizar as cachoeiras o verão acaba sendo a melhor opção. 

O Que levar na bagagem? 

Utilize necessaire para ajudar na organização de sua mala, leve medicamentos, máquina fotográfica, roupas de frio e de calor, as peças íntimas deixe separado em outra bolsa para que não ocupem muito espaço em sua mala, sempre verifique as condições climáticas para os próximos dias antes de viajar. 

Escolha suas roupas de acordo com o tipo do roteiro a ser escolhido, opte por cores neutras para ajudar a combinar, os acessórios também são extremamente úteis, como o óculos de sol e o chapéu, por exemplo. 

Qual a melhor época para conhecer Bananal? 

Em todo o ano, há um registro de temperatura de  22.5ºC, que é ideal para realizar uma caminhada, por exemplo. É necessário ter atenção com os meses de julho a agosto, já que as chuvas costumam ser mais intensas, não é recomendável realizar trilhas nestas condições. 

Ciclo do Café 

A economia de Bananal e de São Paulo era dedicada 100% ao café, esta parte da história foi fundamental para a construção da cidade, podemos encontrar ainda muitas fazendas e palacetes de luxo pela cidade, há também lindos monumentos daquela época intocáveis.

Esta é uma história que é preservada pelo Conselho de Patrimônio Histórico e Cultural do Estado de São Paulo que tombou a cidade no ano de 1985,  o valor histórico e arquitetônico é incalculável.

Conclusão 

A cidade histórica de Bananal tem muitas construções antigas, agora você já sabe o que fazer em Bananal, então comece a montar o seu roteiro para a sua próxima viagem.

As fazendas antigas são famosas no Brasil e no mundo, se você gosta de móveis e de construções antigas, Bananal é o destino certo para obter fotos de qualidade. 

Quais fazendas você tem vontade de conhecer? O que mais lhe chamou a atenção? Sua opinião é muito importante para nós, compartilhe também nosso conteúdo!

Mas antes de ir, olha só que legal, separamos alguams postagens super legais para você não deixar de conhecer São Paulo:
1 – Cidades para curtir durante o inverno em São Paulo

2 – Cidades do interior de São Paulo que você precisa conhecer

3 – Lugares para viajar em SP que vão te impressionar

E é isso, um forte abraço e nos vemos logo!

Summary
O que fazer em Bananal
Article Name
O que fazer em Bananal
Description
O que fazer em Bananal? Esta cidade possui uma importância histórica muito forte para o Brasil, fazendo parte da rota do ouro e do café.
Author
Publisher Name
Estou na Viagem
Publisher Logo

Pin It on Pinterest

Share This

Compartilhe!

Compartilhe este post com seus amigos! Isso vai nos incentivar a postar mais =D