11 Coisas para fazer no Beco do Batman Vila Madalena SP

11 Coisas para fazer no Beco do Batman Vila Madalena SP

A Vila Madalena é cheia de atrações culturais que impressionam os turistas e os amantes da fotografia, e um desses lugares é o Beco do Batman, um destino que todos deveriam visitar.

Beco do Batman - Mensagens
Beco do Batman – Mensagens

O que é este Beco?

Na década de 80 um beco estreito da Vila Madalena recebeu um graffiti com a figura do Batman, o que deu o nome para o local, e com isso se transformou em um ponto de referência do graffiti reunindo verdadeiras obras de artes por mais de 30 anos.

E como o ponto artístico coleciona obras lindas e reflexivas, logo se tornou um destino para os fotógrafos de plantão, e um dos sucessos da internet.

Por causa desse movimento artístico e fotográfico, a região está se desenvolvendo com outras atrações turísticas, como bares, cafés e etc.

Além disso, como os artistas vão pintando em cima das obras antigas, todo ano tem atrações novas e mesmo repetindo a experiência você vai descobrir várias novidades no local.

Beco do Batman Endereço

A localização do beco fica entre as ruas Gonçalo Afonso e Medeiros de Albuquerque, podendo ser percorrida a pé.

Se você não conhece muito da Vila Madalena, pode pegar o metrô e descer na estação Sumaré, já que o Beco do Batman fica a 15 minutos de caminhada dali.

Já de carro ou Uber fica ainda mais fácil, já que você pode colocar o nome em qualquer aplicativo gps e ir seguindo a rota tranquilamente, é um local fácil de achar.

E quando é melhor para ir?

O Beco do Batman SP é uma travessa estreita, se você for em horários movimentados vai encontrar filas e pouco espaço, dificultando um pouco a experiência.

Então o ideal é evitar os finais de semana e ir bem cedinho, antes que o movimento comece.

Claro que sempre é recomendado bom senso, pois existem moradores na região que não gostam que um grande grupo de pessoas chegue de madrugada fazendo barulho.

Ou seja, evite horários muito tardes, o ideal é a primeira hora da manhã, dedicar umas poucas horas para visitar as obras e fotografar e depois ir tomar um café em alguma padaria da região.Mas vamos ao que interessa, as melhores coisas para se fazer no Beco do Batman e arredores.

1 – Caminhe e conheça todas as artes primeiro

A primeira coisa a se fazer no beco é caminhar devagar entre ele, observando cada arte e identificando o caminho, desse modo você consegue apreciar todo o beco e descobrir quais pinturas você mais gostou.

Deixando para tirar fotos depois que você já viu todo o beco, fica mais fácil de imaginar cenas e poses, e você controla melhor o seu tempo, sabendo o quanto demorar para cada fotografia.

Mas lembre-se, o importante é se divertir, então vá com calma e tempo para conseguir aproveitar o máximo possível.

2 – Tente encontrar as artes da internet

O Beco do Batman Vila Madalena é alvo de muitos perfis de fotógrafos profissionais e amadores, com uma pesquisa rápida você consegue encontrar vários registros das pinturas de lá.

Porém como os artistas vão renovando as artes a cada ano, uma ótima experiência é tentar encontrar as pinturas mais famosas, como a figura de um pavão ou a imagem do Pelé.

Está é uma ótima atividade e muito divertida, além do mais permite que você olhe com mais cuidado para as pinturas, já que está focado em procurar as artes que você viu na internet.

3 – O grafite de anjo

Uma das artes mais famosas da internet não fica no Beco do Batman, mas fica próximo, e já que você está ali pertinho não custa nada ir procurar este grafite.

A obra é intitulada de Anjo da Vila, e fica na Rua Harmonia nº 150, na loja Kotton Futon. Pode colocar no gps e ir procurar para tirar uma foto no centro das asas, simulando um anjo.

4 – Inspire-se em outros fotógrafos

O Beco é movimentado o ano inteiro, antes de viajar você pode buscar algumas fotos para se inspirar e ir com uma ideia nova na cabeça.

Mas tente procurar só fotografias mais recentes, se não corre o risco de não encontrar a arte que você quer fotografar.

Aproveite todas as inspirações que a internet oferece para transformar o dia da visita em algo inesquecível e com muitos registros fotográficos.

E, claro, depois que voltar para casa se lembre de postar tudo para inspirar outras pessoas e deixar o Beco do Batman cada vez mais famoso.

5 – Tire foto da entrada do Beco

Uma das fotos mais tradicionais de quem visita o Beco é registrar a entrada, onde já é possível ver alguns grafites e a placa identificando a travessa.

Está foto fica muito legal em seu álbum de recordações e, se você quiser voltar nos outros anos, também podem ser usadas para acompanhar a metamorfose do local, sempre em constante mudança visual.

Toda visita é uma surpresa nova, principalmente na entrada do Beco, não perca a oportunidade de registrar esse momento.

6 – Fotografe as ruas

Outra coisa para fazer no Beco é fotografar as ruas da sua perspectiva, sem focar em uma única arte.

As ruas do Beco possuem paredões nas laterais e são cobertas por pinturas de grafite, uma mais bela do que a outra, fotografar essa visão, colocando as obras de arte na periferia da foto, dão uma sensação muito legal para a foto.

Isso faz com que a pessoa que vai ver as suas fotografias se sinta caminhando no próprio Beco do Batman e vai desejar visitá-lo para aprofundar ainda mais essa experiência.

7 – Preste atenção nas mensagens deixadas pelos artistas

Beco do Batman - Mensagens
Beco do Batman – Mensagens

O Beco se destaca por suas pinturas e formas que vão mudando ao longo do tempo, mas a arte dos grafiteiros vai além das cores vivas e imagens realistas.

Eles também escrevem mensagens, poemas e reflexões. Caminhe pelas ruas e preste atenção nessas mensagens.

A arte das palavras é tão impactante como das imagens pintadas, e você consegue ótimas fotos com as frases que mais te tocaram.

8 – Admire as obras

Em nossas vidas agitadas estamos em constante frenesi para fazer tudo a tempo, mas quando falamos em artes e fotografia, precisamos deixar de lado essa correria e focarmos.

Existem muitas obras com diferentes técnicas, tem arte para todos os gostos, se alguma te chamou a atenção, pare alguns instantes para simplesmente observar e admirar.

O Beco do Batman é um ótimo local para você aprender mais sobre o seu próprio veio artístico e também possibilita que você reflita um pouco sobre a sua própria vida.

9 – Aproveite a vida noturna

Se você curte sair em um barzinho ou ir comer um lanche de noite, o Beco possui várias atrações, fazendo a vida noturna da Vila Madalena ficar bem interessante.

Existem vários bares e restaurantes que oferecem experiências únicas, unindo a boa comida com a imersão na arte do local.

O Beco do Batman Bar é uma ótima pedida para quem quer se divertir com os amigos ou está passando alguns dias em São Paulo e quer se despedir da cidade.

Existem bares a céu aberto com mesinhas na calçada, existem restaurantes com chefs renomados, lanchonetes com uma ótima culinária.

E o melhor de tudo é que nenhum é muito caro, você pode se divertir no que preferir e não vai ter que pagar uma fortuna por isso.

10 – Visite as galerias de arte perto do Beco

O Beco do Batman por si só já é uma galeria fabulosa, e a céu aberto, o que deixa tudo ainda mais impactante.

Mas além disso, na Vila Madalena existem várias galerias de arte com outros estilos de pintura e representações artísticas, você como um amante da fotografia não pode deixar de visitar esses lugares e se inspirar pelas obras de arte.

11 – Volte sempre

E a última coisa para fazer no Beco é voltar, é impossível ir apenas uma vez e não se apaixonar pela arte de rua que vai encontrar.

Mas o melhor é voltar sempre, todo ano ir visitar e ficar observando as mudanças, descobrir como tudo ali se transformou em novas obras de arte tão belas como as antigas.

Então lembre-se, visite o Beco, mas se prepara para voltar muitas e muitas vezes.

Bônus: A importância do Beco e alguns artistas que trabalham nele

Beco do Batman - Artistas
Beco do Batman – Artistas

Muitas pessoas acreditam que a arte de rua é apenas uma pintura na parede sem muito valor, mas para nós que amamos a representação artística conseguimos ver a importância do surgimento desse tipo de arte nos Becos de nossas cidades.

No caso do Beco do Batman, o local era abandonado e perigoso, pouco iluminado e sem nenhum cuidado.

Com o surgimento das obras de arte e a fama cada vez maior, atraindo turistas de todos os lugares do Brasil, o local foi se desenvolvendo e evoluindo.

Um simples grafite do Batman conseguiu revitalizar toda uma região, promovendo avanços, abrindo espaço para bares, restaurantes e até galerias de arte.

É com o grafite que surgiu ali que o Beco antes esquecido voltou a vida, essa é uma das maiores importâncias do trabalho das centenas de artistas que já passaram por ali, então vamos conhecer alguns deles.

Os Tupys

Esse grupo de grafiteiros é formado por Carlos Delfino, Ciro Cozzolino e Zé Carratu, são responsáveis por alguns grafites recentes no Beco.

Miss Van e Ciro Schu

E não são só brasileiros que participam do Beco do Batman, o paulista Ciro Schu formou uma aliança com a francesa Miss Van e produzem belíssimas obras de arte no beco.

Vale lembrar que o trabalho de Miss Van é reconhecido mundialmente, sendo uma das principais artistas de arte de rua da atualidade.

Bueno Caos

Outro artista que está muito presente no Beco é o “criador” do Pelé Beijoqueiro, onde ele retrata o eterno camisa 10 beijando figuras famosas, como o próprio Batman.

Além da sua participação no Beco, Bueno espalha a sua arte do Pelé por toda a cidade, como uma representação crítica e satírica, sempre com bastante humor.

Boletabike

Daniel Medeiros é outro artista do Beco, se chama de Boletabike e procura usar representações psicodélicas dos anos 60 e 70 para compor os seus murais.

Coletivo Transverso

Este outro grupo é responsável por grande parte das frases e mensagens reflexivas onde eles produzem seus questionamentos e artes por meio de reuniões coletivas para depois expor no Beco do Batman.

Enivo

Outro artista que está ficando muito famoso no Beco é o Enivo, aliás ele é o autor do mural do pavão que faz fila para as pessoas tirarem foto.

Além disso, Enivo continua participando da arte de rua pintando suas obras por toda São Paulo, e não ficando preso em galerias fechadas.

Nove/Digital Orgânico

O artista Nove, ou Digital orgânico como também é conhecido, possui um estilo um pouco diferente, utilizando composições geométricas e dando ideia de luz para a imagem faz obras de arte incríveis.

Sliks

Outro artista de renome mundial é Rafael Sliks, que produz obras surpreendentes colocando toda sua criatividade para apresentar um mundo surreal.

Ele é o criador de vários murais famosos do Beco e está sempre produzindo obras fantásticas, utilizando efeitos de sobreposição e alguns efeitos 3D.

Speto

Speto é um dos artistas mais ativos do Brasil, atuando com arte de rua desde a década de 80 ele é quase uma lenda entre os grafiteiros.

Os trabalhos dele remetem aos desenhos de cordel, utilizando xilogravuras, e como o artista mora pertinho do Beco, está sempre criando novos murais e divulgando a sua arte.

Conheça mais sobre lugares como o Beco do Batman.

Beco do Batman
Beco do Batman

Todo fotógrafo deve passar no Beco da Vila Madalena um dia para se deliciar com as obras de artes e com a possibilidade de tirar fotos incríveis.

Dica: se você vier para São Paulo veja onde ficar no airbnb.

Mas existem muito mais lugares únicos e especiais como esse, acompanhe nossos conteúdos e fique por dentro das melhores dicas de viagem e fotografia.

E também faça o download do nosso Ebook de fotografia, assim você aprende mais sobre a arte de tirar fotos e consegue uma experiência ainda mais surpreendente em lugares como o Beco.

Se for viajar para outra cidade ou estado, veja algumas referências aqui:

Ou queria conhecer algum evento em SP:

15 Maneiras de Como tirar foto de comida

15 Maneiras de Como tirar foto de comida

A fotografia gastronômica faz muito sucesso nos dias de hoje, todo mundo adora tirar fotos dos seus pratos e postar nas redes sociais. Aprenda como tirar foto de comida para dar água na boca dos seus amigos.

Como tirar foto de comida
Como tirar foto de comida

O que é a fotografia gastronômica

As fotos de comida ganharam a internet, todo mundo tenta fazer, mas na verdade, a fotografia gastronômica é uma área profissional muito importante, principalmente para os publicitários de redes de produção de alimento.

Fotografar comida não é só tirar foto de um bolo ou um prato de carnes, tem toda uma preparação por trás para deixar tudo mais apetitoso e com uma melhor aparência.

O fotógrafo de alimentos profissionais deve conseguir captar a melhor foto que passe a sensação de que o alimento é gostoso, deve fazer quem estiver lendo ficar com vontade de comer o alimento.

E é por isso que essa técnica de fotografia é muito requisitada por fast food, restaurantes e outros estabelecimentos semelhantes.

Mas agora vamos descobrir algumas dicas para suas fotos ficarem mais suculentas.

Veja alguns equipamentos de fotografia para iniciantes aqui.

1 – Nunca use flash

O flash tem um bom efeito para fotos com pouca iluminação, porém quando falamos em como tirar foto de comida, o flash só atrapalha, o clarão provocado por ele prioriza alguns elementos do prato, o que não fica visualmente legal.

A iluminação é importantíssima na hora de tirar foto de comida, mas deve ser feito de modo natural, utilizando a luz local e procurando ângulos que valorize mais o prato.

2 – Os alimentos devem estar sempre frescos

Outra dica importante de como tirar fotos gastronômicas é sempre utilizar alimentos frescos, isso porque eles dão um visual mais gostoso para o prato, estimulando ainda mais a gula do espectador.

Além disso, alimentos que não são frescos, que já estão com a superfície enrugada ou a cor não está legal, vão tirar o foco do prato para os detalhes “feios”, o que desvaloriza toda a sua foto.

3 – Seja simples

Na hora de tirar foto de comida no prato você pode ter várias ideias criativas para a decoração, mas a melhor maneira de tirar a foto é sendo simples.

O foco da foto é sempre a comida, então encher de enfeites na mesa e objetos que chamam a atenção, vão distorcer o real significado daquela fotografia.

4 – Mostre o resultado final e o processo

Uma ótima maneira de como tirar foto de comida é fotografando o processo de preparo, mostrando os ingredientes, o preparo e o prato final.

Essa composição de cena permite que você tenha mais liberdade artística, aproveitando o espaço do restaurante e os pequenos detalhes de cada cena, recriando a história daquele alimento.

5 – Use óleo vegetal

Um chef de cozinha prepara um prato para estimular o sentido do paladar, quando você come o alimento é surpreendido com as sensações em sua boca.

Já um fotógrafo de comida quer provocar a mesma reação com o sentido da visão, a diferença é que o chef aposta no sabor, e a foto de comida na aparência.

Um truque muito eficiente é pincelar o alimento com óleo vegetal, dando mais brilho para ele e o tornando vívido, isso faz com que o espectador imagine mais facilmente aquela comida sendo saboreada.

6 – Aproxime a foto

Como tirar foto de comida - Alimentos frescos
Como tirar foto de comida – Alimentos frescos

Uma maneira de como tirar foto de comida que faz muito sucesso nas redes sociais é aproximando a foto, você consegue esse efeito utilizando um lente macro, por exemplo.

Com a aproximação os detalhes ficam visíveis, deixando a sua foto mais bonita e suculenta.

Além disso você consegue compor vários cenários, mudando apenas o prato, por exemplo, com desenhos que combinam mais com o alimento.

7 – Use fumaça

Outra técnica que fica muito legal é utilizar fumaça para simular o vapor das comidas quentes, para isso você pode queimar um pouco de papel ou algodão e tirar a foto de um ângulo que pareça o vapor da comida.

Esse pequeno detalhe dá a sensação de calor, o que deixa a foto de uma sopa cremosa, por exemplo, muito mais apetitosa e reconfortante.

8 – Foto de comida saudável

Outra forma de tirar foto de comida no prato que agrada muito o povo da internet é focar em pratos saudáveis, além de ter uma boa temática para fazer sucesso as imagens ficam muito legais.

Muitos alimentos saudáveis, como saladas e carnes grelhadas dão um bom aspecto na foto, além de possuírem cores bem interessantes, o que melhora ainda mais a fotografia.

9 – Aposte na ideia de movimento

Existem várias maneiras de como tirar foto de comida, mas o objetivo é sempre o mesmo, estimular a imaginação de quem está vendo para que fique com vontade de comer.

Um ótimo modo de mexer com a criatividade do espectador é dar a ideia de movimento, como se o prato realmente estivesse em sua frente.

Para isso coloque alguns elementos chave, como o chef polvilhando um doce com açúcar ou uma faca prestes a cortar uma fatia de bolo, o importante é parecer que tudo está acontecendo na hora.

10 – Sempre se lembre do pós-processamento

Muitas vezes não conseguimos a foto que realmente queremos, o ângulo não fica legal, ou a cor dos alimentos parece pouco nítida ou até a textura não está legal.

Não tem problema, é para isso que existem os editores de foto, você pode mexer na saturação da foto, aplicar filtros e estilizar toda a fotografia, deixando-a mais bonita e apetitosa.

Porém lembre-se, é necessário conhecer bem a ferramenta, pois fotos de comida muito artificiais não ficam legal.

11 – Faça a montagem do prato

A composição da cena é muito importante em qualquer foto, é ela que vai enquadrar do modo certo cada detalhe que deve aparecer, porém outro quesito que muitas vezes é deixado de lado, é a composição do próprio prato.

Na hora de aprender como tirar foto de comida você deve pensar em como organizar os alimentos dentro do prato, misturar tudo não deixa o visual muito legal e pode acabar estragando o prato.

Além disso, alguns alimentos como legumes e folhagens que são usados como tempero podem ficar enrugados com o calor, se isso acontecer tire eles do prato.

Outro ponto importante que você deve notar na hora de organizar os alimentos é de que ângulo você vai tirar a foto, já que cada tipo de comida fica melhor de um jeito, então você deve colocar os alimentos mais “fotogênicos” no primeiro plano da foto.

12 – Ângulo da foto

Descobrir o ângulo perfeito para cada prato é um desafio, você deve saber identificar como aquele alimento vai ficar melhor, se você deve tirar a foto de lado, de cima ou de baixo.

A vantagem é que você pode ir testando, mas lembre-se, cada vez que mudar o ângulo você vai ter que rever todo o plano de fundo e a organização dos alimentos no prato.

De baixo para cima

Quando você usa esse ângulo, você provoca uma distorção, parecendo que o alimento é maior do que realmente é.

Então esse ângulo é perfeito para alimentos que devam parecer gigantes, como sanduíches, hambúrgueres e até algumas carnes.

De cima para baixo

Este outro ângulo de como tirar foto de comida é utilizado, geralmente, para mostrar o espectro todo do prato, já que assim você consegue ter um panorama geral da mesa.

Além disso, é muito utilizado quando coloca as etapas de preparação junto com a foto, pois dá a sensação de que estamos vendo os alimentos da perspectiva do chef, o que é bem interessante.

Outra utilização desse ângulo é para pratos mistos, com vários tipos de alimentos que não se misturam, como uma barca de sushi, ou uma porção de carnes e batatinhas.

Na lateral

Outro ângulo tradicional é tirar a foto de lado, essa é mais utilizada quando você quer focar na textura do alimento, mostrando as diferentes alturas.

Por exemplo, esse ângulo fica perfeito em fotos de bolos, e tortas, ainda mais se tiverem várias camadas.

1 – Use utensílios como coringas –Como tirar foto de comida

Como tirar foto de comida - Use Utensilios
Como tirar foto de comida – Use Utensilios

Já falamos que ser simples é uma boa ideia, porém existem fotos de alimentos que precisam de alguns coringas para ficarem boas, isso acontece por que algumas comidas têm cores frias e devem ser contrastadas com outra coisa.

Dicas de como fazer boas fotos.

Então outra maneira de como tirar foto de comida é usando utensílios diferentes para realizar esse contraste de cor, colocar o prato sobre um guardanapo de cor vibrante por exemplo.

Outra ideia legal para dar o contraste de cores é usar folhas como menta ou louro para colocar um pouco de verde no prato.

2 – Tente tirar a foto com um tripé –Como tirar foto de comida

A foto de comida requer paciência, você deve aguardar pelo momento certo para dar o clique, quando o gás da água que está na taça está no lugar certo, quando o vapor da comida está legal e até quando a luminosidade estiver realçando os tons de cores.

Mas esperar um bom tempo com a câmera na mão pode cansar, além disso, se você estiver usando uma lente macro, um movimento mínimo pode estragar toda a sua foto.

Então tente realizar essa foto com um tripé, arme ele no ângulo certo e espere pelo momento certo para capturar a melhor imagem daquele prato.

3 – Use a bagunça ao seu favor –Como tirar foto de comida

Outra maneira de como tirar foto de comida que muita gente utiliza é aproveitar a bagunça da cozinha para usar como enfeite nas fotografias.

Você pode usar a bancada suja de farinha para tirar foto de um pão recém tirado do forno, colocando uns ramos de trigo do lado e o rolo de massa próximo, por exemplo.

Utilizar essa bagunça dá a sensação de que o espectador está vivendo aquele momento, sentindo o cheiro do pão assado e tocando na farinha, mas lembre-se, bagunça não significa ambiente sujo.

História da fotografia gastronômica

Como tirar foto de comida - O Inicio
Como tirar foto de comida – O Inicio

Agora que já falamos algumas dicas de como tirar foto de comida, vamos contar um pouco da história por trás dessa arte que inspira cada vez mais pessoas a entrar para o mundo da fotografia.

O antecessor das fotos culinárias foram as pinturas de natureza morta, que frequentemente representavam frutas e alimentos até o século 18.

Com a invenção da fotografia, muitos artistas procuraram os conceitos de sombras da natureza morta para tirar fotos dos alimentos, sempre utilizando o contra-plongée que significa tirar foto de cima, próximo ao objeto, o objetivo era conseguir capturar todo o alimento.

Com o tempo, os fotógrafos começam a buscar o embelezamento da foto, buscando novos ângulos e pontos de luz, chegando a popularizar as fotos tiradas exatamente na frente do alimento.

Além disso, nesse momento, os artistas começaram a utilizar o zoom e a decorar o prato, pensando na organização e no contraste de texturas.

Até que essa evolução chega aos dias de hoje, onde utilizamos diferentes técnicas de como tirar foto de comida, analisando por todos os ângulos, com diferentes parâmetros e filtros.

Entretanto, o grande avanço da fotografia gastronômica foi na década de 30, com o surgimento das técnicas modernas de publicidade.

O foco na época era estimular o desejo para aumentar o consumo, fazendo as redes de alimentos lucrarem mais, o que não é muito diferente de hoje.

Porém hoje, além da necessidade publicitária, a foto de comida tem outras utilidades, como ilustrar livros de receitas, servir de exemplo em blogs e sites e até exibir um estilo de vida nas redes sociais.

O avanço da foto culinária é tanto que a profissão de fotógrafo gastronômico está cada vez mais em alta, possuindo grandes nomes da fotografia como Mauro Holanda que, inclusive, foi um dos pioneiros na modernização da fotografia de alimentos.

Criei uma matéria super bacana sobre os tipos de fotografia.

Conheça mais maneiras de como tirar foto de comida e outras dicas de fotografia

O nosso site está repleto de dicas e técnicas para você aprender mais sobre o mundo da fotografia e das viagens, acompanhe os novos conteúdos e descubra tudo o que precisa saber para se tornar um fotógrafo famoso.

Fique atento para tirar fotos melhores com os 3 pilares da fotografia.

Além disso, se você quer aperfeiçoar a sua técnica de fotografia e aprender mais sobre os diferentes parâmetros de uma câmera profissional, baixe o nosso ebook de fotografia e tenha um conteúdo de qualidade para se aprofundar nessa arte.

Ou aprenda de uma maneira mais rápida deixando suas fotos 50x mais rápidas com curso de fotografia online.

Como tirar boas fotos, aprenda agora!

Como tirar boas fotos, aprenda agora!

Como tirar fotos bonitas aprenda com essas dicas.

O hobby da fotografia tem uma grande legião de fãs, é uma sensação maravilhosa você conseguir registrar os momentos importantes de sua vida e se aventurar no mundo artístico das fotos. Por isso, vamos te ensinar como tirar boas fotos, para você se divertir ainda mais.

Como tirar boas fotos

Nunca pare de treinar e aprenda como tirar fotos bonitas

A primeira dica que podemos dar é: “Continue tirando fotos, sempre”, só assim você é capaz de notar a sua evolução e identificar o que deixa a sua arte mais ou menos bonita.

O treino é essencial em cada atividade que você for fazer, na fotografia é a mesma coisa, além disso, muitas vezes para você conseguir tirar uma foto boa, deve tirar dezenas de ruins antes.

Então a lição aqui é persistência e treino, você é a única pessoa que pode melhorar a sua habilidade, então sempre que tiver tempo, saia e tire fotos, selfies, faça pequenos vídeos e estude-os depois.

Conheça a sua arte

Para aprender como tirar fotografias boas primeiro você tem que definir o que são fotos boas para você, de nada adianta você aprender a tirar fotos lindas do pôr do sol se você quer se profissionalizar em fotos retratos.

Então defina os seus objetivos, conheça os seus gostos, só assim você vai estar pronto para aprender como tirar boas fotos.

Descubra o seu equipamento

Hoje em dia ficou muito fácil de tirar fotos, todo celular tem uma câmera que permite que você registre os momentos de sua vida, e a maioria tem ótima qualidade de imagem.

Mas mesmo que você tenha a melhor câmera profissional do mundo, se não a conhecer não conseguirá aprender como tirar fotografias do seu jeito, no máximo reproduzir a arte de outros fotógrafos.

Se você tem um celular, abra as configurações da câmera, mexa em seus parâmetros e descubra o que cada um faz, realize testes, tire fotos com bastante luz e no escuro.

Aprenda sobre o seu equipamento, ele vai ser o seu companheiro na hora de tirar aquela foto especial.

Como tirar boas fotos - Equipamento
Como tirar boas fotos – Equipamento

Se você tem uma câmera, mesmo que seja compacta, já vai ter mais parâmetros para testar, tire fotos com acréscimo de ruído, ou aumente o tempo de exposição e crie efeitos lindos, descubra todos os mistérios de sua câmera para aprender como tirar boas fotos com ela.

O pós-processamento é tão importante quanto o clique

Muitas vezes não conseguimos a luminosidade que queríamos, ou a distância da foto ficou muito grande, mas mesmo assim não queremos perder aquela imagem.

O pós-processamento pode te ajudar, e muito, na hora de aprender como tirar uma boa foto, pois os softwares e filtros que existem podem melhorar a qualidade de uma foto e ainda adicionar um certo tom artístico que pode definir o seu estilo. ( indico essa postagem que fala sobre pós-processamento )

Então aprenda a mexer em alguns desses programas, realize cortes, cria máscaras e adicione efeitos, existem ótimos programas para edição de fotos, tanto para pc como para celular.

Estude fotógrafos famosos

Vários fotógrafos ganharam um lugar no hall da fama fazendo o que amam, alguns tiram fotos de paisagem, outros registraram guerras e alguns ainda ganharam a fama fotografando comida.

Mas todos eles têm algo em comum, tiveram alguma inovação em seus cliques, ou uma técnica nova ou conseguiram se conectar com a paisagem ou algo que os tornaram famosos no ramo.

Então os estudar ajuda a aprender como tirar boas fotos, perceba os padrões dos seus preferidos, identifique os filtros utilizados e leia sobre a vida de cada um.

Ter uma inspiração é um ótimo começo para evoluir na arte de tirar fotos, principalmente se essa inspiração for um dos grandes fotógrafos do hall da fama.

Conheça os diferentes tipos de fotografia

No mundo da fotografia existem vários estilos, cada um com suas particularidades e técnicas, se você quer tirar boas fotos, deve saber em qual, ou quais estilos quer se aventurar.

Se você quer melhorar em selfies, deve aprender mais sobre o ângulo de perspectiva para não distorcer as fotos e estudar sobre as posições de luminosidade para conseguir fotos melhores.

Porém se você quiser partir para o mundo culinário, deve aprender a posicionar os pratos de modo melhor, aprender algumas técnicas para deixar a comida mais bonita visualmente e trabalhar com luzes artificiais.

A gama de opções é enorme, e só você pode escolher os estilos que mais combinam com sua personalidade.

Como funciona a fotografia?

Para aprender como tirar fotos bonitas é essencial saber como essa arte funciona, como uma paisagem é armazenada digitalmente apenas com um clique.

Como tirar boas fotos - Conhecimento
Como tirar boas fotos – Conhecimento

O sensor

O segredo está em uma peça chamado sensor, que é como se fosse uma tela onde os raios de luz vão “gravar” a imagem. O sensor está presente em qualquer equipamento com câmera, inclusive os celulares, lembrando que quanto maior o sensor, mais qualidade de resolução vai ter a foto.

Resumindo, o sensor vai capturar a luz que a imagem transmite, lembre-se das aulas de física óptica do ensino médio em que a luz é um conjunto de ondas.

Porém, o sensor deve ficar pouquíssimo tempo exposto a luz, caso contrário ele vai capturar os movimentos da paisagem e “borrar” a foto, às vezes esse efeito é proposital.

O obturador

Mas para controlar a exposição de luz existe o obturador, que abre e fecha quase instantaneamente para permitir que apenas uma pequena quantidade de luz chegue até o sensor.

Ou seja, é ele que controla a velocidade com que sua foto é tirada, se ele ficar aberto por muito tempo, a foto vai demorar, e vice-versa.

Algumas fotografias muito famosas utilizam o obturador aberto por horas, registrando o movimento de um leito de rio, por exemplo.

Para aprender como tirar boas fotos é primordial conhecer estes truques, só assim você consegue utilizar toda a sua criatividade para criar cenas maravilhosas.

Imagine que você está em um aeroporto esperando o seu voo que atrasou, e resolver registrar a decolagem dos aviões no pátio com um longo tempo de exposição.

O resultado será a imagem do pátio com um rastro por onde passou o avião, uma imagem belíssima que todo mundo vai adorar ver.

Ebook de Fotografia

O foco

Outro parâmetro muito importante para as suas fotos é o foco, quando você bate as fotos com o celular, geralmente o foco é automático, mas em câmeras maiores você pode ajustar a distância focal para criar belas fotos e efeitos, até mesmo com distorções.

O foco perfeito é quando a distância entre a lente, o sensor e o objeto da foto estão no lugar certo, fazendo com que cada ponto de luz seja captado de forma individual pelo sensor.

É um conceito bem difícil de visualizar, mas simplificando, o melhor foco é quando a imagem não fica embaçada, sendo que com câmeras maiores você pode utilizar o ajuste de foco e de zoom para criar efeitos legais.

Infográfico 3 pilares da fotografia
Infográfico 3 pilares da fotografia

Um desses efeitos é focar só no centro da foto e desfocar nas laterais, dando a sensação de profundidade.

Composição da foto

Outro fator muito importante na hora de aprender como tirar boas fotos é saber como compor a cena, dando destaque para os principais objetos, controlando a luz e tudo mais.

Desse modo você prepara todo o cenário e consegue o resultado que quer, com lindas fotografias e registra tudo com um trabalho praticamente profissional.

Linhas guia

Quando você fotografa algo, consegue perceber algumas linhas na paisagem, seja uma ponte ou a linha do horizonte ou até mesmo o leito de um rio.

O importante é você usar essas linhas como guias para enquadrar a sua foto, você pode utilizar uma árvore para centralizar a foto de uma paisagem por exemplo.

Para você aperfeiçoar a sua ideia de linhas guias e como utilizar nas suas fotos, faça testes, procure pontes e tire fotos de diferentes ângulos, descobrindo novas linhas e usando isso para melhorar as fotos.

O plano de fundo importa

Na hora de aprendermos como tirar boas fotos nos deparamos com várias fotos “estragadas” na internet pelo fato de ter algo acontecendo no fundo que tinha toda a concentração de quem está vendo a foto.

Tenha cuidado com isso, antes de dar o clique final, observe bem o fundo e tenha certeza de que não tem algum engraçadinho fazendo caretas ou alguém tropeçando.

Esses pequenos detalhes podem arruinar toda uma foto, desestabilizando o ponto de interesse da imagem e destruindo toda a simetria da paisagem.

Regra dos terços

Uma técnica muito famosa no mundo da fotografia é dividir a sua paisagem como se tivessem desenhado um jogo da velha, com duas linhas horizontais e duas verticais.

Os pontos em que duas linhas se encontram são os pontos de influência da foto, o que equilibra melhor a imagem e faz com que a fotografia fique mais bem tirada.

Ou seja, procure sempre colocar o ponto de atenção da foto no local onde as linhas se interceptam, de preferência na parte de cima e fora do centro.

Claro que existem exceções, existem fotos que ficam muito melhor com o objeto de interesse centralizado, mas essa regra ajuda a compor melhor a sua foto e ter uma ideia melhor de simetria, o que é essencial na hora de aprender como tirar boas fotos.

Iluminação

Um dos parâmetros mais importantes que você deve ter cuidado, pois a iluminação correta enaltece as cores quentes, tornando mais vívida, ou dá espaço para as sombras, criando cenários mais sombrios.

Isso se aplica a todos os estilos de fotografia, já que em uma paisagem você quer representar todo o esplendor da natureza com as suas cores intermináveis, e em cenas de desastres, por exemplo para fotojornalismo, você quer passar todo o drama e solidão escurecendo a foto.

Conheça as dicas de fotografia que separei para você.

Resumo das dicas – Como tirar fotos bonitas

Como tirar boas fotos - Dicas
Como tirar boas fotos – Dicas

Muitas coisas foram faladas, apresentamos dicas e conhecimentos que irão te ajudar na busca das melhores fotos dos seus álbuns, vamos recapitular um pouco então.

1 – Como tirar boas fotos – Persistência e treino;

Para aprender como tirar boas fotos você deve sempre treinar e cada vez se aperfeiçoar mais, o aprendizado é um processo constante de persistência, erros e descobertas.

2 – Como tirar boas fotos – Autoconhecimento;

Conhecer bem os seus gostos e suas vontades ajudam a você saber o que e como quer fotografar, o autoconhecimento é um dos primeiros passos antes de se aprofundar em qualquer área artística, já que o resultado do seu trabalho é uma representação do seu próprio ser.

3 – Como tirar boas fotos – Conhecimento do equipamento;

Você só será capaz de utilizar o seu equipamento com maior eficácia, mesmo que seja um celular, se conhecer todos os seus parâmetros e configurações.

4 – Como tirar boas fotos – Pós-processamento;

A foto nem começa e nem termina no clique, antes disso tem todo o preparo de luminosidade e cenário, e depois tem o pós-processamento, que são as edições e melhorias nas fotografias, que podem realizar verdadeiras obras de arte.

5 – Como tirar boas fotos – Inspiração;

Aprender como tirar boas fotos é ótimo, mas realizar isso sem alguma inspiração é difícil, você pode procurar as obras de fotógrafos famosos e ver quais te chamam mais a atenção e descobrir as suas próprias inspirações.

6 – Conhecer os tipos de fotografia;

Existem várias categorias de fotografia, algumas combinam perfeitamente com você, outras não te interessam nem um pouco, mas o importante é você saber quais você quer experimentar para se especializar nelas. Cada estilo tem suas particularidades, e você deve explorar muito bem isso para tirar boas fotos.

7 – Um pouco do funcionamento das máquinas fotográficas;

Conhecer como os parâmetros funcionam é importante para aprender a usar as máquinas e criar novas fotos, inovando na utilização do equipamento.

8 – Composição das fotos.

Por último, é primordial aprender a enquadrar bem uma foto e a cuidar da luminosidade, só aprendendo a compor bem uma cena que você conseguirá tirar boas fotos.

Aprenda ainda mais e se torna um fotógrafo de primeira

Baixe nosso ebook e descubra ainda mais dicas como essas, aprendendo tudo o que precisa saber para aprender como tirar boas fotos e muito mais.

Ebook de Fotografia

Aprenda os 3 pilares da fotografia te garanto que vai deixar suas fotos mais bonitas.

E não deixe de nos acompanhar, sempre temos novidades do mundo da fotografia e das viagens para você, siga nossas publicações e fique por dentro das melhores dicas e conhecimentos.

Conheça a história da fotografia aqui.

Como funciona o airbnb e o que é! Não sabe? Te ensino agora!

Como funciona o airbnb e o que é! Não sabe? Te ensino agora!

Como funciona o airbnb?

Viajar pelo mundo é o sonho de muitos, conhecer lugares incríveis, participar de festas fantásticas e desfrutar das melhores paisagens.

Porém quando pensamos em viajar já aparece uma preocupação em nossas mentes, a hospedagem. Por isso vamos explicar como funciona o airbnb para você curtir as suas férias com mais tranquilidade.

Como funciona o airbnb
Como funciona o airbnb

O que é airbnb?

Em 2008 três amigos, Brian Chesky, Joe Gebbia e Nathan Blecharczyk fundaram a empresa airbnb utilizando um programa de incubadora para novas ideias.

O propósito deles era criar uma plataforma onde donos de casas e imóveis pudessem oferecer quartos e hospedagem para viajantes do mundo todo.

Com isso, eles atraíram dois públicos:

● Donos de imóveis: Pessoas que têm casas e apartamentos com quartos vagos em cidades turísticas conseguem, com o airbnb, ganhar uma renda extra, alugando o quarto e realizando o serviço de hospedagem.

● Viajantes e turistas: Já os viajantes não precisam mais se preocupar em procurar hotéis e albergues, pagando fortunas apenas para dormir em um lugar durante as férias.

Com isso em mente, a plataforma começou a tomar forma e hoje é uma das principais opções de hospedagem, registrando a marca de 10 milhões de reservas e contando com investidores como Ashton Kutcher.

E como funciona o airbnb?

O airbnb é um ótimo ambiente para quem quer viajar gastando menos e para quem quer ganhar um dinheiro extra com o quarto de visitas ou com a casa de veraneio.

Airbnb como funciona para viajantes?

Airbnb - Viajantes
Airbnb – Viajantes

O primeiro passo para os turistas de plantão usarem a plataforma é simples, baixar o app e se cadastrar gratuitamente, desse modo você já tem acesso e pode realizar as suas reservas.

Para procurar hospedagens você pode utilizar o aplicativo ou o site, colocando o seu destino o dia da viagem e o número de pessoas. Desse modo a plataforma faz uma busca em seu banco de dados e apresenta os resultados mais relevantes.

Além disso, você ainda pode usar os filtros de pesquisa, restringido o preço do quarto e delimitando outras preferências. Assim o site consegue mostrar sempre a melhor opção para a sua

.

Na hora de aprender como funciona o airbnb é bom saber identificar bons lugares, principalmente com os comentários dos hóspedes anteriores.

Para ter acesso aos comentários você deve clicar no anúncio que chamou a sua atenção, assim você pode ver a opinião de outras pessoas que já se hospedaram ali e descobrir mais detalhes sobre o local.

Além disso, você ainda pode mandar uma mensagem para o dono do imóvel, o anfitrião, tirando todas as suas dúvidas. Após isso você já está pronto para realizar a sua reserva.

Dependendo do anúncio você pode reservar de duas maneiras, uma é realizando o pedido de reserva que será aceito pelo anfitrião ou realizando a Reserva Instantânea caso esteja disponível.

Airbnb como funciona para anfitriões?

A plataforma preza pelo bem-estar tanto dos turistas como de quem vai ceder sua casa, para isso, o site toma uma série de medidas que garantem a segurança e evita que um dos dois lados saia prejudicado.

Se você quer alugar sua casa o procedimento é simples, também pode se cadastrar gratuitamente e anunciar o seu espaço. Uma das vantagens do Airbnb é que ele possui todo o tipo de categoria de hospedagem, podendo anunciar até um colchão inflável em sua sala de estar, por exemplo.

Logo, quase qualquer pessoa no mundo pode utilizar os serviços do airbnb para alugar algum espaço, porém o modo como funciona o airbnb incomoda alguns países que proibiram o aplicativo a fim de proteger as redes de hotelaria e etc.

Além disso, de modo a prevenir que utilizem a plataforma para outros fins, o airbnb não aceita anúncios de veículos ou embarcações que tem como objetivo a locomoção, ou qualquer outra situação em que a locação não seja para alojamento.

Resumindo, se você quer ser anfitrião tem que estar em um país onde o aplicativo é permitido e não pode anunciar algo que não seja para hospedagem.

agem.

O que são as “Experiências”?

As Experiências são atividades locais que os moradores nativos oferecem para os hóspedes, fazendo o turista ficar totalmente imerso na cultura e costumes do local.

Airbnb - Experiàncias
Airbnb – Experiàncias

Além disso, para você oferecer uma experiência nem precisa anunciar um quarto, você pode criar atividades sem ser um anfitrião de hospedagem.

Do mesmo modo que os turistas não precisam alugar um quarto do airbnb para participar dessas experiências, o objetivo é proporcionar atividades únicas e aproximar os turistas dos nativos.

O airbnb avalia cada experiência, para garantir que toda a atividade proposta seja satisfatória e evitar o mau uso do espaço para experiências ruins.

Reservando uma experiência

Para aprender como funciona o airbnb completamente, você deve conhecer a seção de Experiências, vamos mostrar como reservar e se divertir ainda mais nas férias.

Utilizando o aplicativo ou o site você pode navegar na guia de experiências e procurar por data e local as atividades disponíveis, sem a necessidade de alugar um quarto.

Mas antes de reservar fique atendo aos requisitos, muitas atividades exigem idade mínima ou alguma habilidade anterior, além disso, tome cuidado para não marcar mais experiências no mesmo horário.

Oferecendo uma experiência

Qualquer pessoa pode oferecer uma atividade para os usuários do airbnb, porém você deve seguir as leis locais e ter responsabilidade para não colocar a vida de ninguém em risco.

Além disso, o site realiza a verificação de qualidade, então você deve cumprir três exigências de qualidade, que são:

  • Conhecimento especializado: O anfitrião que estiver disposto a vender uma experiência tem que ter todos os conhecimentos necessários para isso, isso garante a segurança dos turistas e faz com que a experiência seja mais gratificante, já que se você é especialista, pode oferecer muito mais aos seus acompanhantes.
  • Acesso privilegiado: O airbnb tenta garantir que a experiência é algo único, que o turista não conseguiria fazer sem a ajuda do anfitrião, por isso você deve garantir que sua atividade seja privilegiada.
  • Empatia: O terceiro requisito pedido pelo airbnb é que os anfitriões tenham empatia, o objetivo é aproximar o contato humano, desse modo, os turistas vão para casa como novos amigos.

Quando você entende como funciona o airbnb percebe que ele se preocupa muito com a segurança do hóspede e do anfitrião, garantindo que o tempo de estadia seja o mais prazeroso possível.

Por essa razão o airbnb também avalia as experiências já anunciadas, se houver muito descontentamento ela pode ser excluída do site.

Como funciona o pagamento?

O airbnb possui várias plataformas de pagamento, de modo que seja possível utilizar uma ou outra em qualquer lugar do mundo, já que o aplicativo deve se adequar às leis locais de cada região.

Disponível para o mundo todo

Uma opção de pagamento que está ativa para todo o mundo são os principais cartões de crédito, cartões de crédito pré-pagos e cartões de débito que são processados como crédito.

Entre as opções de bandeira as principais são:

  • Visa;
  • MasterCard;
  • Amex;
  • Discover;
  • E JCB.

Disponível para alguns países

Algumas plataformas de pagamento já são aceitas em vários locais do mundo, porém ainda existem países que não tem suporte à sistemas, como:

  • Apple Pay para iOS;
  • Google Play para Android nos EUA;
  • PayPal para países selecionados.

Opções disponíveis para o Brasil

Além das alternativas acima, algumas plataformas de pagamento que são exclusivas para o Brasil são:

  • Aura;
  • Elo;
  • E Hipercard.

Porém vale lembrar que os pagamentos brasileiros estão limitados a 3 mil dólares por transação e 12 mil dólares por mês.

Como funciona o airbnb para compor os preços?

Uma dúvida muito comum dos usuários do airbnb é como eles compõem o preço dos quartos e alojamentos, conseguindo valores tão bons em relação à outros lugares.

O preço de uma hospedagem é composta por três custos:

Custos definidos pelo anfitrião

O anfitrião define as taxas que ele vai receber por alugar o quarto, esse é o primeiro custo que entra no cálculo de preço da hospedagem que você reservar.

Este custo é subdividido em três taxas:

  • Taxa pernoite: É quanto o anfitrião cobra por cada noite passada em seu alojamento;
  • Taxa de limpeza: Uma taxa única, que o anfitrião cobra para garantir a limpeza do local, para ficar pronto para o próximo hóspede;
  • Taxa de hóspedes adicionais: Taxa única para cobrir gastos extras com mais hóspedes, nem todos os anfitriões cobram esta taxa.

Custos definidos pelo airbnb

Descobrindo como funciona o airbnb você percebe que eles oferecem vários serviços, garantindo o bem-estar de todos os usuários, mas para isso continuar existindo ele tem que lucrar, então cobra uma taxa de serviço para cada reserva realizada.

Com esta taxa, os serviços de qualidade do airbnb continuam garantindo um ambiente mais seguro para quem quer viajar e para quem quer alugar um espaço.

Outros custos

A terceira categoria é sobre os custos locais, que podem surgir devido a leis da região ou outros fatores deste gênero, como:

  • Taxa de câmbio: Se você quiser viajar para outro país, possivelmente vai ter que pagar a taxa de câmbio para a moeda do seu destino;
  • Imposto Sobre Valor Agregado: Este é um imposto cobrado dos hóspedes que moram na União Europeia, Suíça, Noruega, Islândia, África do Sul e Japão.
  • Impostos locais: Dependendo da região que você viaje é possível que existam outros impostos que serão computados no valor final.

O que é airbnb for work?

Airbnb for work
Airbnb for work

Muitas empresas realizam contato com seus clientes e fornecedores pessoalmente, garantindo uma melhor comunicação, isso exige que algumas pessoas de sua equipe estejam sempre viajando.

O airbnb tem uma solução para garantir uma viagem a trabalho mais tranquila e fácil de administrar.

O airbnb for work foi pensado para facilitar o gerenciamento de viagens, ou seja, os administradores, responsáveis pelas viagens da equipe, possuem acesso à um painel gratuito e alertas de preços que ajudam a reduzir os gastos em viagens e a controlar melhor cada viagem.

O modo como funciona o airbnb for work é muito semelhante ao airbnb comum, a diferença está nas opções especializadas para administradores.

Além disso, na hora de buscar acomodações você pode filtrar as opções marcando a opção “Para Trabalho”, assim os resultados serão apresentados com os quartos e hospedagens próprias para a sua finalidade.

As hospedagens para trabalho

Diferentemente das hospedagens para viagens, quando um anfitrião cadastra algo exclusivo para trabalho ele deve oferecer ou uma casa inteira ou um quarto com banheiro privado, além de cumprir uma série de exigências de qualidade, como:

Tipos de propriedades:

O site limita o tipo de propriedades elegíveis para viajantes a trabalho, tentando aumentar o nível de satisfação dos usuários, então para essa modalidade só pode ser oferecido as propriedades:

Casa, apartamento, bangalô, cabana, chalé, townhouse, vila, casa de hóspedes, loft, condomínio, hotel ou pousada.

Comodidades:

O modo como funciona o airbnb é pensado para garantir o bem-estar e a segurança dos hóspedes, no caso dos viajantes a trabalho, eles realizam alguns requisitos extras, que garantem que a estadia seja a melhor possível, como:

  • Itens básicos como toalhas, papel higiênico, lençóis e etc;
  • Segurança para trancar e destrancar o quarto, como fechadura inteligente, chave própria, cofre eletrônico e etc;
  • Wi-fi e televisão;
  • Ferro de passar roupa e secador de cabelos;
  • Local apropriado para notebook;
  • Detectores de monóxido de carbono e fumaça.

Avaliações e taxas de resposta

Além disso, o airbnb para averiguar a qualidade das acomodações utiliza os comentários e avaliações dos usuários, sendo que para ser elegível para o airbnb for work o quarto deve ter classificação 4,8 ou maior e mais de 5 comentários em um ano.

Outro requisito é a atenção do anfitrião, para isso você deve ter respondido no mínimo 90% dos pedidos de reserva no prazo de 24 horas nos últimos doze meses.

Conheça mais dicas de viagem e aproveite para curtir suas férias

Aprender como funciona o airbnb é essencial para você ter mais opções na hora de viajar, mas para aproveitar todas as maravilhas que o mundo tem para te oferecer existem ainda mais dicas.

Acompanhe nossos conteúdos e fique por dentro de tudo sobre viagens, e se você quer aproveitar as férias para tirar fotos, baixe nosso e-book e descubra como melhorar as suas fotografias.

20 Fotógrafos famosos que você tem que conhecer

20 Fotógrafos famosos que você tem que conhecer

Conheça os Fotógrafos famosos e se inspire

Fotógrafos Famosos – Não existe melhor modo de aprender do que seguir os passos dos gigantes, no mundo da fotografia isso não é diferente.

Por essa razão separamos alguns fotógrafos famosos para você conhecer e seguir, se inspirando e aprendendo com as grandes mentes por trás dos cliques.

Além das técnicas e dos pilares da fotografia devemos conhece e nos inspirar em alguns fotógrafos.

Fotógrafos Famosos brasileiros

Para começar nossa lista vamos falar um pouco dos brasileiros que se destacam por sua criatividade e sensibilidade ao tirar uma foto, conquistando o mundo com suas artes.

Sebastião Salgado

Fotógrafos Famosos - Sebastião Salgado
Fotógrafos Famosos – Sebastião Salgado

O mineiro nascido na década de 40 é formado em economia, mas trocou sua carreira para percorrer o mundo registrando sempre algo importante de ser visto ou discutido.

Ele realiza fotos documentais, focando seus temas em questões como a vida de índios, trabalhadores, pessoas do campo que estão morando na cidade e até fotos denunciando maus tratos contra o meio ambiente.

A sua fotografia sempre foi feita utilizando preto e branco e sua sensibilidade ao registrar as mazelas humanas fez com que se tornasse um membro da Academia de Belas Artes da França.

Além disso, quem conhecer melhor este fotógrafo famoso deve assistir ao filme “O Sal da Terra”, que retrata sua trajetória até o mural da fama do mundo da fotografia.

Luiza Dörr

Entre os fotógrafos famosos Luiza sempre tem um espaço, a gaúcha nascida em 88 cursou fotografia pela Universidade Luterana do Brasil e, pelo Instagram, chamou a atenção dos editores da revista Time.

A revista norte americana convidou a fotógrafa para realizar um ensaio um tanto desafiador, retratar as 46 mulheres mais influentes do mundo, tirando foto de nomes como Oprah Winfrey e Hillary Clinton.

O foco de seu trabalho seus tipos de fotografia é o gênero de retrato, onde ela tenta adicionar alguns detalhes contemporâneos, o que faz com que suas fotos fiquem fantásticas.

Além disso, ela possui grupos de exibição em vários países, como Brasil, Espanha, Estados Unidos e Rússia. O seu trabalho fez com que conquistasse muitos prêmios na última década.

Rui Mendes

Este fotógrafo é muito requisitado desde a década de 80, já que ele é especialista em compor imagens para álbuns de música, sendo que várias bandas e cantores de renome passaram por sua câmera.

Foram várias capas e editoriais de sucesso que utilizaram a arte de Rui Mendes, como Raul Seixas, Capital Inicial, Renato Russo e até James Brown.

Rui Mendes também conquista o seu espaço como um dos fotógrafos famosos por ser eclético, ou seja, por mais que grande parte de sua obra permaneça nos discos de Rock, ele também retratou movimentos de Samba e Punk.

Cássio Vasconcellos

Com mais de 30 anos de experiência, Cássio coleciona projetos em vários países, tendo suas fotos exibidas mais de 200 vezes em 20 países.

O seu trabalho apresenta muita simetria e plasticidade, fazendo com que as cenas enganem o olho do observador em um primeiro momento.

A sua arte é bem conceitual, principalmente nas obras urbanas. Além disso, ele é um fotógrafo especialista em fotografias aéreas, o que fez com que se tornasse o criador do maior acervo de fotos aéreas do Brasil.

Nana Moraes

A carioca nascida em 63 é jornalista pela PUC de São Paulo, e com seu trabalho com a fotografia ficou conhecida por conseguir conectar com o modelo ou a paisagem, retratando toda a sensibilidade da cena.

Além disso, a iluminação que ela utiliza, herança de seu pai Zé Antônio, faz com que os contornos das formas se evidencie, criando um ótimo efeito de embelezamento.

Ela está entre os fotógrafos famosos por ser responsável por centenas de edições de revistas e trabalhar com vários projetos de publicidade e jornalismo, ganhando vários prêmios nesta categoria.

Mauro Holanda

Fotógrafos Famosos - Mauro Holanda
Fotógrafos Famosos – Mauro Holanda

Hoje em dia tirar fotos de sua refeição virou moda, todo mundo posta a macarronada que vai comer ou até o suco que vai beber, porém quem começou essa febre foi o Mauro Holanda.

O fotógrafo foi um dos primeiros a explorar a fotografia gastronômica, levando suas câmeras e equipamentos para cozinhas de restaurantes.

O seu destaque foi ter fugido da tendência da época, que era focar apenas em chefs renomados com receitas finas, e começou a trabalhar com restaurantes regionais, recheados com a cultura brasileira.

Com estes trabalhos, Mauro publicou em revistas como a Gula que é especializada em culinária e fez fotos de comida para revistas como a Veja e até a Playboy.

Bob Wolfenson

Além de realizar fotografias únicas, Bob é responsável pelo surgimento de vários fotógrafos famosos que foram seus aprendizes e, de certa forma, alunos.

A sua trajetória começou cedo, aos 16 anos na Editora Abril, trabalhando com vários nomes influentes da época e testando inúmeros gêneros de fotografia.

Uma das características mais fortes dele é a atenção aos detalhes e sua adaptabilidade, ou seja, é um fotógrafo de todos os gêneros, indo do nu artístico para fotografias documentais e jornalísticas.

Pode-se dizer que, além das fotografias esplêndidas, a oportunidade que ele dá para os jovens que estão ingressando nesse mundo é uma das maiores contribuições para o cenário artístico.

Walter Firmo

Walter começou a fotografar no fim da década de 50, onde o seu estilo é caracterizado por usar o contraste e composições de forma que as fotografias parecem pinturas.

Sendo um dos principais nomes na fotografia da beleza negra e contribuindo com trabalhos da velha guarda do samba.

Atualmente, este que é um dos fotógrafos famosos, ministra palestras e cursos, repassando seus conhecimentos na arte da fotografia para o Brasil e para o mundo.

Priscila Prade

A sensibilidade das mulheres é sempre um fator marcante no mundo da fotografia, este é o caso da Priscila, podendo ser a melhor fotógrafa de cinema e televisão de nosso país.

Um dos diferenciais da fotógrafa é sua capacidade de se conectar com os artistas, produzindo imagens de extremo impacto e reveladoras.

Além disso, quem quiser conferir mais do seu trabalho e entender melhor como funciona a mente profissional dela, pode adquirir os seus livros, “Eu Queria Ser” e “Impressões”.

Feco Hamburguer

Um dos assistentes de Bob Wolfenson que alcançaram o sucesso na carreira de fotógrafos famosos. Feco, após aprender muito com Bob, abriu seu estúdio e foi muito requisitado por empresas publicitárias, sempre com muito trabalho para fazer.

Porém o seu maior interesse era realizar um certo tipo de pesquisa, testando novas ideias e parâmetros, principalmente para cenários menos tradicionais.

Uma das linhas que ele pesquisa são as termografias, e após o ano 2000 ele passou a se dedicar em projetos próprios e a dar cursos e palestras pelo país.

Caras da Foto

Este são os Caras Da Foto e, sem papas na língua, estão aqui, primeiramente, por diversão e por serem apaixonados pela liberdade de se curtir a vida fotografando cada momento e cada lugar.

Fotografia precisa ser algo divertido e apaixonante, deixemos o papo técnico para os nerds de plantão!

Se você quer aprender fotografia, eles tem 3 cursos maravilhosos ( sim eu já fiz ):

Aqui, além de uma total informalidade e descontração, você pode esperar aprender os truques e segredos práticos para se tirar fotografias sensacionais que impressionam e esbugalham os olhos dos seus amigos!

Fotógrafos Famosos Estrangeiros

Porém não são só os brasileiros que sabem tirar fotos, existem muitos profissionais estrangeiros que tem portfólios realmente magníficos, confira.

Alex Prager

Nascida nos Estados Unidos, Alex faz uma mistura entre o mundo da fotografia e do cinema, produzindo pequenas histórias que são contadas por suas fotos.

Ela pensa em todos os detalhes, iluminação, atores e cenários, todos com detalhamento máximo e cheios de cores.

Para quem gosta de fotos de época e da ideia de contar histórias por meio dos cliques, deve conhecer a Alex e acompanhar a sua grande obra.

Fotógrafos Famosos Annie Leibovitz

Fotógrafos Famosos - Annie Leibovitz
Fotógrafos Famosos – Annie Leibovitz

Outra americana que faz parte da lista de fotógrafos famosos é a Annie, especialista em retratos de celebridades, chegando a fotografar nomes como Whopi Goldberg e até as irmãs Kardashian.

Além disso, sua conexão com os artistas faz com que os retratos representem melhor a sua sensibilidade, fazendo com que tudo fique em completa harmonia.

Outro fato interessante de Annie é que ela fotografou John Lennon, alguns momentos antes da morte do astro dos Beatles.

Fotógrafos Famosos David Lachapelle

David vive nos Estados Unidos e tem um portfólio de fotografias bem interessantes, focando seus cliques em críticas sociais e usando muito surrealismo ele ganhou o seu espaço entre os grandes nomes desse mundo.

Ele é conhecido por apresentar obras bastante coloridas e irreverentes, ganhando vários prêmios ao longo de sua carreira e fotografando celebridades como Leonardo DiCaprio e Elizabeth Taylor.

Além disso, ele possui um grande trabalho com videoclipes, trabalhando com cantores de renome, como Elton John e Christina Aguilera.

Fotógrafos Famosos Shirin Neshat

A fotógrafa iraniana faz parte da lista de fotógrafos famosos, conquistando o seu lugar com sua arte em representar as diferenças entre o Islã e o Ocidente e várias outras temáticas dualistas como essa.

Ela possui vários prêmios, incluindo o Prêmio Internacional da XLVIII Bienal de Veneza em 99 e o Leão de Prata no Festival de Veneza em 2009.

A sua dualidade busca representar contrastes interessantes, como aspectos antigos e modernos, a feminilidade versus a masculinidade e até as diferenças entre as vidas públicas e privadas.

Porém o mais interessante é que ela busca construir uma ponte entre esses temas, conectando tudo em seus cliques, algo maravilhoso de se contemplar.

Fotógrafos Famosos Henri Cartier-Bresson

O francês foi um fotógrafo do século passado, muitos o consideram o pai do jornalismo.

Ficou famoso por seu olhar único, o que permitia que tirasse fotos realmente chocantes, também foi o primeiro fotógrafo que retratou a vida na União Soviética Livre e chegou a tirar fotos de Gandhi em seus últimos dias de vida.

Além disso, ele é um dos fotógrafos famosos porque sua arte ganhou o mundo, sendo representado muitas vezes em livros, como o “Images à la Sauvette” e em suas megaexposições.

Fotógrafos FamososSteve McCurry

O fotógrafo da National Geographic ficou famoso após a sua foto, o retrato de uma Menina Afegã olhando fixamente para a câmera, virou capa das principais revistas do mundo.

Além disso, o seu trabalho sempre esteve ligado a conflitos na região, chegando a retratar a invasão soviética do Afeganistão e até a guerra Irã-Iraque.

Com os registros marcantes e fotos de conflitos, Steve ganhou prêmios de fotojornalismo e é um nome forte no mundo dos fotógrafos documentais.

Fotógrafos Famosos Ansel Adams

Este fotógrafo merece um lugar de destaque entre os profissionais que utilizam os cliques como forma de arte, pois ele foi um dos responsáveis por trazer a visão artística às suas fotos, fazendo com que a técnica de fotografia fosse aceita como uma forma de artes.

O foco do seu trabalho são paisagens, principalmente de parques nacionais do oeste dos Estados Unidos.

Além disso, suas inovações técnicas e estudos de fotografias o tornaram um dos técnicos mais renomados no mundo das fotos, conquistando seu espaço entre os fotógrafos famosos.

Fotógrafos Famosos - Robert Doisneau
Fotógrafos Famosos – Robert Doisneau

Fotógrafos Famosos Robert Capa

Um dos fotógrafos de guerra mais renomados, participando de eventos importantes, como o dia D da segunda guerra mundial e a Guerra Civil espanhola, que foi palco para sua obra mais famosa “Morte de um Miliciano”.

Robert era um fotógrafo húngaro e estudou Ciências Políticas em Berlim, onde se aproximou do jornalismo e o que fez ele entrar no mundo da fotografia.

Em seu último trabalho, dia 25 de maio de 1954, Robert acabou pisando em uma mina terrestre na Guerra da Indochina e morreu, mas não sem deixar uma grande contribuição com as suas imagens realistas.

Fotógrafos Famosos Helmut Newton

O trabalho de Helmut foi um pouco diferenciado dos outros fotógrafos, ele explorava a sensualidade feminina, tornando-se famoso por seus estudos nas fotos com nudez.

Era um fotógrafo de moda da Alemanha, possuindo várias obras, principalmente com fotos que exploravam o corpo feminino, exemplos disso são “Big Nudes” e “Playboy’s Helmut Newton”.

Fotógrafos Famosos Robert Doisneau

O último de nossa lista de fotógrafos famosos, mas não menos importante para a arte, foi Robert Doisneau, um francês que se especializou em fotos de rua.

Ficou muito conhecido por retratar a vida social de Paris, além disso se destacou por produzir fotos irônicas e ser modesto.

Em seus livros, Doisneau apresentava a fragilidade da vida humana no cotidiano, representando isso sempre com momentos calmos e incongruentes.

Além disso, muitas fotografias de suas obras se transformaram em cartões postais e imagens representativas de Paris, além de ter seu nome representado em várias obras do cinema.

Descubra mais sobre o mundo das fotos e revele o fotógrafo que há dentro de você.

Acompanhar a obra de fotógrafos famosos é um ótimo exercício para estimularmos nossa criatividade e aprendermos mais sobre as técnicas que foram desenvolvidas nessa verdadeira arte.

Porém para dominar a arte de fotografar é necessário se aprofundar mais nos estudos, baixe o nosso e-book para aprender fotografar e confira nossas dicas e técnicas para você ficar ao lado desses grandes fotógrafos.

Veja algumas frases de fotografia ou como tirar boas fotos.

Pin It on Pinterest