Saiba o que fazer na Prainha Branca no Guarujá

Se você gosta do Nordeste e está em São Paulo, não precisa correr para Salvador ou Fortaleza. Sabendo o que fazer na Prainha Branca no Guarujá, você curte uma praia no litoral sul com clima de praia do norte.

O que fazer na Prainha Branca Guarujá - SP
O que fazer na Prainha Branca Guarujá – SP

O mar é bravo, mas limpo. A prainha não costuma ficar muito lotada mesmo quando é muito frequentada, é um ambiente com poucas barracas, areia branca, macia e acolhedora.

Para chegar na prainha somente existe uma trilha de acesso à pé, podendo a região ser acessada também por mar utilizando barco.

O que fazer em Prainha Branca no Guarujá / SP

A prainha é cercada pela floresta da Mata Atlântica muito bem conservada. Existe um riacho que deságua no mar, a região possui uma vila de caiçaras e um clima muito positivo.

A região é um dos últimos redutos de caiçaras originais, sendo a área pertencente a uma reserva ambiental da Serra do Guararu, no município do Guarujá, no estado de São Paulo.

Para quem gosta de praia tranquila, mar oceânico limpo e andar por trilhas, o lugar já indica as melhores atividades que o turista pode realizar no local.

Tranquilidade na Prainha Branca

Enquanto que as praias do Guarujá ficam cheias, a prainha branca fica sempre tranquila. O acesso para a prainha é feito através de um trecho de trilha bem sinalizada na divisa com Bertioga.

Essa região é a porta da entrada desse pequeno paraíso do litoral sul.

A vila de caiçaras tem cerca de 350 habitantes e ainda preserva costumes e tradições culturais. É possível encontrar pequenas casas em meio à natureza, as festas, o clima pé na areia e a simplicidade das pessoas.

A praia pertence ao município do Guarujá, mesmo ficando na na divisa com Bertioga, na saída da balsa.

O que a região da Prainha Branca oferece?

Antes de saber o que fazer na Prainha Branca do Guarujá / SP, além da tranquilidade, a prainha oferece um aspecto selvagem que poucas prainha apresentam nos dias atuais.

Depois que ficou conhecida, passou a ser mais explorada pelo turismo.

O local possibilita a instalação de campings por todos os lados, mas também há suítes para alugar, além de pequenas e baratas pousadas por todas as partes da região da divisa de Bertioga com Guarujá.

O que mais me chamou a atenção quando eu visitei a praia foi a presença de surfistas, de caiçaras e de pessoas com postura simples, além de jovens tatuados, o reggae nas barracas e o delicioso açaí.

Atualmente, em altas temporadas a praia fica um pouco mais freqüentada por casais, crianças e pessoas mais velhas. Atualmente, a praia está mais democrática, possibilitando o contato com vários tribos de comportamentos.

Quem não curte simplicidade pode dispensar a praia e ir viajar sozinho ou acompanhado para o interior, mas quem busca tranqüilidade e paz pode visitar a praia à vontade. 

Como chegar na Prainha Branca?

Para quem não tem barco para acessar a praia através do mar, o jeito é caminhar por uma trilha segura e sinalizada, o que exige o uso de sapatilhas, sandálias confortáveis ou tênis.

A infraestrutura na Prainha Branca

No local, as instalações na Prainha são simples, o que exige um certo improviso na ausência de bares e quiosques, pois repentinamente a cerveja pode ficar quente e a comida acabar antes do anoitecer. Mesmo nos quiosques locais, a comida pode demorar.

Por outro lado, é importante evitar jogar lixo na areia. Não existe barulho de carros, sinais ou hotéis por perto. Tudo é muito harmonioso.

Ambiente leve

É comum sempre ter algum equipamento de som tocando reggae ou música popular. Há muitos surfistas parafinados e lindas garotas caminhando pela areia.

Percebi a presença de lindas mulheres, pessoas com tatuagens, piercing e estilo meio hippie.

O lugar é muito familiar, as famílias que frequentam com as crianças escolhem  banho nas águas mornas do pequeno riacho do lado esquerdo, uma boa diversão para a criançada.

Quando a maré está baixa, é possível visitar a ilha que fica mais à frente de forma mais rápida e acessível.

Comércio local na Prainha Branca

Como dito acima, não há uma forte infraestrutura de serviços e comércio no local, mas existem boas barracas para frequentar.

Para comer, os freqüentadores gostam da barraca Larica’s que serve refeições completas. A barraca também oferece um delicioso açaí e sucos naturais.

Vários hippies vendem artesanatos no local com muito bom astral e criatividade. Entre os artesanatos encontramos miçangas, camisetas com estampas de tie dye e cangas indianas.

Nos períodos de feriados, por exemplo, há festas com reggae e forró, os estilos de músicas mais tocados na praia.

Ao saber o que fazer na prainha branca do Guarujá, a praia me lembrou a de Trindade, em Paraty, mas com menor extensão. A praia é pequena, mas acolhedora.

A Prainha possui apenas 1350 metros de extensão, apresenta ondas fortes do lado esquerdo e mar calmo do lado direito, por ser isolada parece uma ilha devido a sua localização.

Durante as festas, sentimos o cheiro de incenso que impregna no ar. Percebi também os Dreadlocks e mais Bob Marley tocando nas barracas e festas.

Praias da região

O que fazer na Prainha Branca Guarujá - SP - Praia Preta
O que fazer na Prainha Branca Guarujá – SP – Praia Preta

As trilhas da região também oferecem caminhos para outras praias como as praias Preta e a Praia de Camburizinho que são bastante desertas.

A praia Preta é pequena com apenas 300 metros de extensão e fica bem perto da Prainha Branca. A praia de Camburizinho é um pouco distante, mas a caminhada compensa.

Além de bonita, a praia de Camburizinho possui um lago logo atrás e, seguindo o rio pela trilha no meio da mata, você verá uma pequena cachoeira maravilhosa.

A praia do Camburizinho também é pequena com apenas 800 metros.

Para chegar nas três praias é necessário seguir pela uma trilha no final da Prainha Branca. O caminho para a Praia Preta dura uns 15 minutos. Se você continuar na mesma trilha por mais uma hora, você chegará na Praia de Camburizinho.

Em dias chuvosos, evite as trilhas, elas ficam escorregadias e com poças de lama.

Veja a seguir a lista de praias que ficam próximas da Prainha Branca:

• Praia Preta;

• Praia das Conchas;

• Praia de São Pedro;

• Praia do Camburi;

• Praia do Pinheiro;

• Praia Iporanga;

• Praia Indaiá (Bertioga);

• Praia da Enseada (Bertioga);

• Praia Vista Linda (Bertioga).

Uma outra dica bem legal, já que você está na praia é dar um pulinho em outras praias próximas, confira aqui quais são as Melhores Praias de SP.

A melhor época para visitar a Prainha Branca

O período de final de ano, verão e carnaval é o período no qual a região da Prainha Branca é mais procurada. Também é bem freqüentada em períodos de feriado prolongado.

Para quem busca curtir a tranqüilidade desses lugares citados acima, busque os períodos de transição ou de baixa procura.

A melhor época para visitar a praia é em meados de janeiro quando ela não está lotada, nem vazia.

Mais atividades na Prainha Branca

Dentre as opções do que fazer na Prainha Branca no Guarujá, existem muitos luais realizados à noite na areia.

A praia também é boa para nadar, mas é bom nadar somente próximo da ilha pois do outro lado a correnteza do mar é muito forte. 

Dica de acessos e atividades esportivas na Prainha Branca

Atualmente, para chegar na Prainha Branca, a trilha está toda com pedras e cimento, evitando contato com a terra e barro que a trilha antigamente oferecia.

Naqueles tempos, os frequentadores escorregavam com mochilas e roupas de praia.

A Prainha Branca não é muito indicada para práticas de esportes com bola por ser pequena, mas é ótima para a prática de surf.

É possível realizar bons passeios de escuna que cobram entre 25,00 a 30,00 reais por pessoa. Durante o passeio, eles dão uma pausa de 15 minutos para que possamos nadar em alto mar e disponibilizam colete salva vidas.

Para realizar as atividades na praia, algumas barracas aceitam cartões, mas em boa parte dos casos é bom levar dinheiro em espécie. O sinal das maquininhas de cartão não pega muito bem no local.

Outras dicas:

O que fazer na Prainha Branca Guarujá - SP - Trilhas
O que fazer na Prainha Branca Guarujá – SP – Trilhas

O acesso para chegar na Prainha Branca através da trilha pode demorar em média trinta minutos. A trilha é tranquila e bem sinalizada. Perto da entrada da trilha existe estacionamento.

Em caso de hospedagem, o visitante pode escolher entre campings e pousadas bem simples. Não mercados e nem farmácias na região das praias, sendo indicado levar itens de primeira necessidade na mochila.

É importante levar repelente contra os mosquitos por ser área de mata, e é bom já estar vacina contra a febre amarela para ter mais contato com o verde.

Quando for até a prainha branca, aproveite para conhecer a Praia Preta e Camburi.

Não é necessário utilizar guias turísticos para andar pela região, mas caso pense em passar o final de ano ou o carnaval na prainha faça reservas com antecedência.

Conclusão

Conhecer essa praia me propiciou uma grande experiência, fui em época de baixa temporada e pude curtir melhor a prainha Branca e conhecer a praia Preta.

Portanto, reúna os amigos ou a família, arrume a mochila com os itens mais necessários e procure essa linda praia que fica na divisa do Guarujá com Bertioga no litoral paulista. 

Pin It on Pinterest

Share This