Conheça agora Carrancas a Cidade das Cachoeiras, uma cidade ainda pouco conhecida, mas que “esconde” muita beleza, ecoturismo, serras e paisagens naturais.

O lugar surpreende e por ser tão lindo, logo mais será um alto ponto turístico. Fica próxima à Cidade de Tiradentes e ao sul de Minas Gerais. Essa é Carrancas: Cidades das Cachoeiras!

Como Chegar

As cidades mais próximas são Belo Horizonte e Rio de Janeiro e o principal acesso é pela BR-265.

Para chegar em todos os destinos, se você for de carro, recomendamos fazer o seu trajeto pelo aplicativo Mapeia

Neste aplicativo é possível ver os gastos com a gasolina, a quantidade de pedágio e qual estrada pegar. E claro, com aquela ajudinha do GPS. 

E já que estamos falando de facilidade em viajar, aproveite e baixe nosso aplicativo, com ele, você consegue fazer um controle dos gatos de todas as suas viagens, criar roteiros e muito mais!

Controle de gastos App para viajante
Controle de gastos App para viajante

O Que Fazer

Centro de Carrancas

Vale a pena passar no pequeno centro de Carrancas, para visitar principalmente a Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição e o centro fica em volta da Praça que tem na cidade.

Existem alguns bares e restaurantes e lá é onde acontece um dos principais eventos, O Festival Gastronômico de Carrancas.

Cachoeira da Fumaça

Uma das maiores cachoeiras, a Cachoeira da Fumaça, possui uma queda d’água de 15m, tem um poço fundo, porém proibido para banho justamente pela sua forte água.

Ela também é a única de área pública. Fica a 3km do Centro e sua entrada é gratuita.

Mesmo o complexo não sendo apropriado para banho, vale a pena a visita pela vista e para visitar outras lindas cachoeiras como o Véu da Noiva que possui uma queda d’água de 40m e é possível ver de longe e a do Luciano, um pouco mais abaixo da Cachoeira da Fumaça.

Complexo da Toca

Considerado um dos lugares mais famosos, o Complexo da Toca tem uma entrada acessível, custando cerca de R$10,00 e dando acesso por completo. O caminho também é de fácil acesso e fica à esquerda da estrada de Itutinga.

Coração

Antes de chegar, você passará pelo escorregador da toca e após, avistará um buraco formado por pedras e o nome vem justamente do formato que as pedras dão: um coração. A beleza natural desse lugar, realmente chama atenção! 

Cachoeira da Toca

Essa sim é própria para banhos e além do mais, é um lugar com um verdadeiro spa natural e lindas quedas d’águas. Possuem rochas e as cachoeiras têm águas cristalinas.

Lá também tem alguns animais silvestres como tucanos e micos.

Não possui bares ou banheiros.

Cachoeira do Tira Prosa

Uma curiosidade é o nome desse lugar, em homenagem a Sebastião Guimarães Monteiro. A história conta que o morador tinha uma casa perto da trilha e sempre tirava uma prosa com seus visitantes. 

Uma bela opção para quem gosta de piscinas naturais e situada a 3km da cidade. Possui também trilhas de fácil acesso. 

Poço da Canoa

Sua característica se dá por conta de paredões rochosos e um ótimo lugar para relaxar, pois possui águas calmas. Existem alguns poços formando o complexo. O formato de canoa dá o nome do local.

Para visitar o Complexo, você vai desembolsar cerca de R$10,00.

Complexo da Zilda

É uma das mais conhecidas e por um tempo todas suas atrações eram gratuitas, porém depois algumas partes foram compradas e virou um parque.

Cachoeira da Zilda

Sei que falamos de algumas cachoeiras famosas, porém a da Zilda talvez seja a mais famosa e atrativa, mesmo que comparada com as outras é baixa, mas tem um grande fluxo de água e ótimo para banho. 

Passando pela Cachoeira da Zilda, você encontra a Cachoeira da Proa similar a uma corredeira enorme!

Escorregador da Zilda

É uma atração que encanta toda a família. Fica no começo do Complexo e parece um tobogã em uma rocha lisa.

Existem outras maravilhosas atrações como a Cachoeira Racha da Zilda sendo uma dos lugares mais lindos de toda a região.

O lugar possui estacionamento e a entrada no Complexo é cerca de R$25,00 e mais R$5,00 para ir no escorregador.

Complexo da Ponte

Possui duas cachoeiras, um poço e uma gruta. Fica também logo na entrada da cidade e para entrar no Complexo, o valor é cerca de R$5,00.

Cachoeira de Salomão

A trilha começa com essa cachoeira e possui uma queda d’água linda e muito extensa. 

Não é propícia para banho, mas é possível chegar no topo avistando dois pontos de vistas diferentes. 

Possui também rochas e grandes árvores.

Cachoeira do Moinho

Localizado mais acima da Cachoeira do Salomão, essa cachoeira é mais baixa, mas bastante larga e é possível tomar um bom banho e relaxar. 

Complexo do Grão Mogol

Muito conhecido e não muito visitado, mas vale a pena conhecer, está o Complexo do Grão Mogol. É uma junção de vários poços e lindas quedas d’águas.

Por ser mais distante, é necessário e só acessada com um guia e sua entrada custa cerca de R$15,00.

Carrancas não é apenas cachoeiras, sendo possível passeios com bicicleta, pois tem várias trilhas legais, trekking é até mesmo uma rampa de voo livre!

Culinária

A Culinária de Carrancas, é fiel a comida mineira e você pode experimentar comidas como carne de porco, caldo de feijão ou carne, feijão tropeiro, costelinha ou frango com quiabo.

Se o seu gosto for mais “peculiar”, deve experimentar a azedinha e o refogado de munganguinho.

Esses pratos são apresentados no Festival Gastronômico de Carrancas.

Conclusão

Carrancas é realmente a Cidade das Cachoeiras, cheia de paisagens lindas e naturais, perfeito para quem gosta de muita água, ar livre, relaxar e praticar exercícios físicos. 

Um lugar que tem um pouquinho de tudo (vale a pena conferir e levar para casa artigos de artesanatos), comida boa e com um toque especial mineiro.

Perfeito também para quem gosta da calmaria e ficar um pouco longe da cidade grande! 

Pin It on Pinterest